Casal Garcia Vinho Verde – Português

R$ 59,90

Fora de estoque

SKU: PtCaGaBnViVeBlenNI Categoria:
Branco Verde de Minho - Portugal
uvas:
Azal, Loureiro, Pedernã, Trajadura
Teor Alcoólico: 10.5% (750ml)
Temperatura ideal de consumo: 6ºC
Potencial de Guarda: 3 anos
Decantação:Não necessita ser decantado

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Apenas clientes logados que compraram este produto podem deixar uma avaliação.

Vinícola

Casal Garcia

O Casal Garcia nasceu em 1939, num ano em que a vindima foi particularmente boa. Ao regressar de comboio das vindimas do Douro, o enólogo francês Eugène Hélisse decidiu interromper a sua viagem para o Porto, após passar pelas vinhas da Quinta da Aveleda, em Penafiel. Vestido de branco, e com um chapéu de palha para escapar ao calor do fim de Verão, iniciou uma caminhada até à adega daquela propriedade. Entrou, apresentou-se e insistiu em falar com um dos proprietários: Roberto Guedes.

Uvas

Azal

A casta Azal Branco é uma casta de qualidade cultivada na região dos Vinhos Verdes, em Portugal. No início do século XX, era a principal casta para a produção do vinho branco da região. Os vinhos com esta uva na sua composição apresentam aromas frutados e pouco intensos. São vinhos com acidez bastante pronunciada, por isso são raros os monovarietais.

Loureiro

A uva Loureiro é uma uva branca amplamente cultivada no norte de Portugal, na região do Vinho Verde. Os vinhos produzidos a partir da uva Loureiro apresentam excelentes aromas, notável acidez e baixos índices alcoólicos.

Pedernã

A uva branca Pederña, ou Arinto, produz vinhos muito frescos, com atraentes aromas de frutas cítricas e com elevada acidez. Os melhores exemplos de vinhos elaborados com a casta apresentam mineralidade e são fermentados em baixas temperaturas, o que garante a alta qualidade dos vinhos da uva.

Trajadura

A uva Trajadura é originária da região de Vinho Verde, em Portugal. Também é cultivada na Espanha, onde é conhecida por Treixadura. Os Vinhos Trajadura são frescos, contando com acidez moderada e elevado teor alcoólico. No nariz, o vinho revela aromas de frutas brancas, como pera, pêssego e maçã-verde, notas florais, como de flor de laranjeira, toques de frutas cítricas, como limão.

Região

Minho